Michel Temer faz pacto com FHC e PSDB para votar reformas(contra os trabalhadores).
Temer se reuniu com Fernando Henrique Cardoso e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), presidente nacional do PSDB. A conversa ocorreu segunda-feira(29), em São Paulo. Temer fechou acordo com os tucanos para votar a reforma da Previdência e, apenas depois disso, tratar da sucessão. "Sucessão", para Temer e o PMDB, é a de 2018. Informações do jornal Valor Econômico. Segundo apurou o Valor, Temer disse aos tucanos que o PSDB é sócio do governo e que é uma ilusão o partido pensar que não enfrentará os mesmos problemas, se vier a substitui-lo. Inclusive no que diz respeito às investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal, como mostra a situação do senador Aécio Neves (MG), que em pouco mais de dois anos passou da condição de forte candidato a presidente a de investigado.