A Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) e toda a base CUTista se solidarizam com as Brigadas Populares e repudiam a invasão e o arrombamento dos arquivos da sede da entidade em Belo Horizonte. No ataque, realizado na noite de quinta-feira, 21 de setembro, foram destruídos vários cômodos e objetos, e foram levados documentos internos da organização, todos eles trancados em armários com cadeados que foram brutalmente arrombados. Nenhum objeto de valor foi levado.


Se os invasores tinham a intenção desestabilizar e intimidar a luta das Brigadas Populares, dos movimentos sociais e populares, fracassaram. Ações truculentas dão ainda mais força e disposição para movimentos como as Brigadas e fortalecem ainda mais a união dos movimentos sindical, sociais, populares e estudantis, na luta por um projeto de um país soberano, justo e igualitário para o povo brasileiro.

Não nos calaremos! Seguiremos na luta, sempre! Os ataques não nos intimidarão!

Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais