Após grande mobilização em torno da Casa da Árvore, a Prefeitura de Belo Horizonte se comprometeu nesta quarta-feira (27) a reconstruir o imóvel, destruído por um incêndio na noite de domingo (24). A obra será feita com ajuda de arquitetos da Prefeitura, em parceria com os moradores de rua.

A promessa de reconstrução foi feita pelo vice-prefeito, Paulo Lamac, após uma reunião com os secretários de Política Urbana, Maria Caldas e de Assistência Social, Maíra Colares; o diretor da Secretaria Municipal de Cultura, Marcelo Bones; a defensora pública, Júnia Roman; integrantes do espaço; e representantes de movimentos sociais.

Entenda o caso

A Casa da Árvore existia há dois anos no bairro Jardim América, região oeste da capital mineira, e foi completamente destruído por um incêndio. Na construção de dois andares, erguida por pessoas em situação de rua, também funcionava uma biblioteca pública que nasceu a partir de livros que os moradores encontravam no lixo. Eram em média 1.000 publicações à disposição do público.

O imóvel já tinha sido notificado extrajudicialmente para ser desocupado e demolido, no dia do incêndio, foi realizado um ato com manifestações de apoio e solidariedade ao local. Foi após as atividades que o fogo começou.

Leia também: 

A destruição de um sonho: Casa da Árvore é consumida por incêndio