A Comissão Especial de Estudo do Genocídio da Juventude Negra e Pobre da Câmara Municipal de BH apresentará, durante o seminário Juventude Negra Presente, o relatório parcial da Comissão e discutir políticas e experiências em defesa da vida de jovens na cidade. 

Cerca de 30 mil jovens são mortos todos os anos no Brasil, dos quais 70% são negros. Para cada jovem branco assassinado no país, há três negros vítimas de homicídio. Belo Horizonte, em especial, ocupa a oitava posição no ranking nacional de homicídios de adolescentes.

O Seminário será realizado no Plenário Amynthas de Barros. Inscrições no portal da Câmara: https://bit.ly/2rtZuiq

Seminário Juventude Negra Presente
Quando: 
25 de maio, a partir das 8h30
Onde: Plenário Amynthas de Barros da CMBH
Mais informações: https://www.facebook.com/events/732404747150417/