contatoFacebookTwitter

FSS

Home / FSS

Fórum Sindical e Social de Minas Gerais


Em novembro de 2008, durante mais uma ação do então governador Aécio Neves de destruir o movimento sindical, através da tentativa da Cemig de supressão de várias conquistas sindicais da categoria eletricitária, 27 entidades sindicais e sociais se uniram e lançaram uma carta aberta à população mineira: MINAS, teu outro nome já foi liberdade!

A bem da verdade, o ocorrido com os eletricitários foi apenas o estopim de uma situação que permeou todo o período do atual governo estadual. Trabalhadores da Copasa, da saúde, da educação, da segurança pública e de todas as demais categorias sofreram as conseqüências de práticas autoritárias e truculentas.

A marca registrada deste governo foi não conversar, não negociar e não valorizar os servidores e empregados públicos estaduais.

Em dia 19 de novembro, militantes e dirigentes das 27 entidades se reuniram na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, num ato de protesto contra as práticas antissindicais perpetradas pelo governo tucano em Minas. Os movimentos sindical e social, percebendo que a luta e resistência isolada seriam em vão, se organizaram e criaram o Fórum Sindical e Social – FSS.

Assim nasceu o FSS, da necessidade das entidades sindicais e sociais se unificarem visando seu fortalecimento para enfrentarem as agressões patrocinadas pelo Governo Aécio Neves e seus aliados, inclusive a grande mídia comercial. Dia 25 de novembro de 2008, as entidades definem o nome do Fórum Sindical e Social de Minas Gerais (FSS) e seus objetivos.

1. Contribuir para a divulgação de informações de interesses dos movimentos sindical e social;

2. Contribuir para a unificação das lutas sindicais e sociais principalmente no que ser refere à mobilização das diversas categorias de trabalhadores e demais agentes sociais;

3. As entidades que compõem o FSS se comprometem a atuar de forma unitária em todas as situações em que os direitos de trabalhadores estejam sendo desrespeitados, seja pelo setor público (em quaisquer níveis), seja pelo privado.

O FSS não se confunde com a CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais) e nem pretende substituir as centrais sindicais.

O Caráter do Fórum Sindical e Social de Minas Gerais (FSS) é permanente, suprapartidário e suprassindical.

Entidades que compõem o FSS

Ajosp. Affemg, Ames-BH, Assufop, Asthemg, CTB, CUT, Fammemg, Fisenge, FNU, MLC, MAB, MLB, MST, NCST, Psind, Saemg, Senge, Sindágua, Sind-Saúde, Sindieletro, Sindifisco, Sindpúblicos, Sindsul, Sind-UTE/MG, Sindpol, SJPMG, Sinarq, Sinpro-Minas, Sitraemg, Sinttel, UCMG, UBES, UEE, UNE e Urbanos

Encontre-nos

  • Belo Horizonte - Minas Gerais
Receba Nossa Newsletter